terça-feira, 6 de setembro de 2016

Solidão



A solidão é a melhor forma de nos encontrarmos a nós próprios









Eu gosto da solidão! Sabem porquê? Porque, quando estou só comigo mesma, tenho longas conversas.
Sim, conversas mesmo muito longas. Aliás, não se pode chamar a um discurso de uma só via, uma conversa, mas antes uma reflexão, uma dissertação.
Estes meus monólogos internos estão, geralmente, associados a uma tomada de decisão (umas vezes. boa; outras, não tão boa....). Aliás, esta introspeção não é exclusiva da minha pessoa e não tem nada de extraordinário. Vocês também a fazem. Toda a gente a faz!
Uma coisa é certa, no entanto, a solidão, quer seja forçada ou não, é sempre a melhor forma de tomarmos consciência de nós mesmos, de nos encontrarmos e de evoluirmos. De passar à próxima etapa da vida.
É assim que eu encaro estes momentos. Uma oportunidade de estar comigo mesma e de me conhecer melhor. E, no meio disto tudo, de me aceitar mais, de me perdoar. Logo, de gostar um pouco mais de mim.
Gosto dos meus encontros com ela, dos longos passeios de amena cavaqueira. Gosto do conhecimento que me trouxe e da forma como me encontrei!
Por isso, meus amigos, eu gosto da solidão!

E por aqui me fico!
Fiquem bem!








5 comentários:

  1. Só comigo mesma??? Necessito tantas vezes...!!!
    Bjs
    Maria

    ResponderEliminar
  2. E tal como prometido uma surpresinha hoje para si no meu blogue!!! Bjs
    Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada Maria! Desafio aceite. Beijinhos

      Eliminar
  3. Vivo há muito numa permanente, reflexão, introspecção. Eu não vou chamar de solidão. Eu não sinto a solidão. Os meus dias são totalmente preenchidos, uma grande parte do seu tempo, com a escrita e a leitura. Outra parte com afazeres rotineiros. E ainda uma parte dedicada a essas conversas comigo mesmo. Serena, gostei de ler a sua solidão. E é graças a estes momentos de boa leitura que eu nunca poderei sentir a solidão!! Obrigado
    bj...nho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo Sérgio, efectivamente é na solidão que muitas vezes me encontro e cresço. Adoro os meus momentos de solidão. Obrigada pelas suas palavras! Beijinhos

      Eliminar